sábado, 31 de dezembro de 2011

  Estamos apenas a algumas horas de mudarmos de ano. E como diz a velha tradição ano novo vida nova. Neste momento bem preciso de fazer uma limpeza geral na minha cabeça, para voltar a descobrir e distinguir o certo do errado!

  Este ano que esta quase a acabar, foi um ano complicado… foi marcado por muitas discussões sem nexo nenhum, pela partida de amigos que foram para a universidade e outros que foram jogar para o Benfica. Mudei de turma, uma coisa que a mim não me agradou muito no inicio, mas agora acho que não foi mau de todo, fiz novos amigos.

  Lembro-me perfeitamente que nesta altura a um ano atrás, já tinha feito uma lista de promessas para o ano de 2011. Este ano nem sei se a vou voltar a fazer para 2012. E a nível de desejos apenas vou pedir as coisas do costume…

  Não sei se é verdade que no dia 21 de Dezembro de 2012, vai acabar o mundo. Mas se acabar, vamos aproveitar todos até lá para viver bem a vida…
Vá meninos e meninas, Um FELIZ 2012 para todos, e que seja bem melhor que o 11 :D


segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

14-Novembro-2011

-pita
-putoooooooo
-que tu gostas
-ou não ahahah
-ai e?
-ok
-vou começar a acreditar que e verdade
-então és parvo, se acreditares
-sou sempre
-acredite ou nao
-pois és, mas se acreditares ainda és mais parvo :S
-miudito
-lol
-miuda
-mas tu também gostas
-ou nao ahahaha
-eu também vou começar a acreditar nisso :(
-so se fores parva




Sabem quando parece que voltamos a ter 5/6 anos, em que tudo a nossa volta está sempre bem. Onde só tens vontade de rir e de sorrir para toda a gente? Fogoooo, hoje sim é um desses dias, acordei mesmo bem disposta com vontade de sorrir para a vida. Só tenho vontade de rir, e espalhar a minha boa disposição e energia por toda a gente. Sim A boa disposição ainda me consegue meter mais eléctrica do que eu já sou.
Já algum tempo que não me sentia tão bem comigo mesma, hoje é o dia… e mais não digo (: ***

domingo, 25 de dezembro de 2011

Ele era um ponto seguro, ele era um mar onde as mares provavelmente nunca iriam existir. Então porque que eu naveguei para um mar, onde as ondas se tornaram cada vez maiores, os ventos mais fortes e onde as tempestades existiam quase todos os dias. É nestas alturas quando nos juntamos em grupos, a falar de coisas do nosso dia-a-dia que nos apercebemos que os erros se pagam bem caros. E eu estou a pagar pelo meu. 


sexta-feira, 23 de dezembro de 2011


  *Um dia, vou encontrar um lugarzinho idêntico a este. Onde eu vou poder adormecer e sonhar sem qualquer tipo de chatices ou algo do género. Quando o encontrar vou viver em  paz com a minha cabeça e com o meu coração. 

Acabou

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

As vezes fazemos e dizemos coisas que não queremos, naquela noite aconteceu isso... Agora? Agora não sei, o que fazer, o que dizer e também o que pensar...

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Não sei, o porque de tudo isto! Não sei mesmo o porque! Pensar que gostava de uma pessoa, e na realidade não gostar é complicado! Hoje, agora, à pouco mais de uns instantes percebi que na realidade não passas-te de mais um simples capricho meu!

Começou numa noite, uma simples noite, só mais uma no meio de tantas outras noites! Confundi um sentimento com uma noite de diversão. A mais de um ano, que não gosto de ninguém! Isto sim é a verdadeira realidade. Percebi isto a pouco, porque graças ao facebook vi que vocês tinham metido numa relação… a única coisa que fiz foi “gostar” do estado de relação e perceber que a mim não me afectou em nada, apenas me ri!

Percebi que não estava desiludida contigo (F), mas sim comigo própria, pelo facto de ser criança e ter dito que gostava de ti sem gostar! Pensei que gostava mesmo, mas a verdade é que não! Apesar de a tua actitude comigo, também não ter sido das melhores (visto que, também gozas-te com um sentimento que eu pensava que era verdadeiro).
Não estou arrependida, em nada do que fiz e do que disse! Na altura pareceu-me o mais acertado! A vida é assim temos que cair várias vezes, para nos levantar-mos e seguirmos em frente.

E desculpa lá, qualquer coisa Kiko ;D

sábado, 3 de dezembro de 2011

e foi assim...

Não à muito tempo, havia chuva! Não à muito tempo, eu falava contigo! Não há muito tempo, tivemos os dois de baixo de um chapéu de chuva! E agoraaaaaa? :o
Só me resta lamentar e pensar sobre o passado e acabo a chorar porque tudo está acabado mas eu tento reagir não fico preso ao tempo, eu sei que é difícil mas esqueci o sentimento. A vida são dois dias e tu tens que aproveitar é com os erros que se aprende e eu estou farta de errar e pelas minhas contas eu já devia de saber tudo mas a minha sorte depende do meu futuro.